O drama de famílias que buscam notícias de parentes desaparecidos em Anápolis

Quatro famílias convivem diariamente com o drama de ter um parente desaparecido misteriosamente, três famílias de Anápolis e uma de Leopoldo de Bulhões buscam as redes sociais, delegacias, IML, e até mesmo fazem buscas por conta própria em busca de alguma informação que por mais que seja ruím, possa colocar fim a uma angústia que é a falta de respostas para o que aconteceu.

Estes casos são mais recorrentes do que se imagina, Anápolis Notícias acompanha todas as notícias na área policial desde o início do ano, vários casos semelhantes a estes aconteceram na nossa cidade e em quase todos eles o final era sempre o mesmo a morte, após o desaparecimento os corpos eram encontrados em estradas vicinais, córregos ou até em outras cidades.

Existem semelhanças em quase todos os casos, eles foram sequestrados e mortos a sangue frio, na maioria dos casos nem mesmo a polícia tem respostas para qual seria a motivação, um exemplo que chamou a atenção e teve ampla repercussão na mídia, foi o caso que aconteceu no início do ano onde três rapazes foram sequestrados e encontrados mortos em pontos diferentes da cidade, todos foram executados.

Atualmente quatro famílias convivem com esse drama, três de Anápolis e uma de Leopoldo de Bulhões, vamos detalhar como tudo aconteceu, caso a caso.

Wagner despareceu no dia 09/08 em Leopoldo de Bulhões, após entrar em uma caminhonete nunca mais foi visto

O primeiro que vamos relatar é o caso do Wagner, ele que é pai de três filhas uma de 7 anos, uma de 3 anos, e uma de 1 mês e meio que ele não chegou a conhecer, porque quando ele sumiu sua esposa estava grávida. Wagner que morava em Anápolis e tinha se mudado para a cidade de Leopoldo de Bulhões, foi visto pela última vez no dia 09/08, quando ele entrou dentro de uma caminhonete com uma pessoa não identificada, e desde então nunca mais foi visto.

São mais de 2 meses de buscas por informações que possa levar ao seu paradeiro, ou na pior situação de seu corpo. Sua esposa Geovana conta que ele era um ótimo pai, e que dói muito quando suas filhas perguntam onde está o pai delas.

Dói muito quando nossas filhas peguntam onde ele está, não sei mais o que dizer. Falo para nossas filhas que ele está trabalhando e volta logo, ai elas me falam, “mamãe mais ele está demorando muito” fico sem chão. disse Geovana ao Anápolis Notícias.

Foto: Wagner e sua esposa Geovana

Geovana acredita que nestes tipos de casos, a situação financeira conta muito para ter um maior empenho na busca de informações das autoridades, e diz que.

A dor de não saber aonde e nem como a pessoa está, é bem maior do que saber que ela está sem vida.

José Pedro despareceu no dia 04/10 após sair do serviço, desde então não foi mais visto

O segundo caso é o do José Pedro dos Santos 33 anos, ele que é pai de duas filhas do primeiro casamento e sua atual esposa está grávida de seu terceiro filho, desapareceu no dia 04/10 após sair do seu serviço e não retornar mais para casa. Desde então sua esposa vive um drama em busca de informações, chegam até mesmo circular boatos nas redes sociais, uma desses boatos aconteceu a uma semana atrás, onde falaram que o corpo de José Pedro havia sido encontrado em Cocalzinho, após verificação de familiares, descobriu não se tratar de José Pedro.

Outra informação que circula, é de que o carro dele havia sido encontrado queimado, fato que familiares desconhecem se realmente essa informação procede. Sua esposa já foi no IML fazer verificação de corpo mais de uma vez, e nenhum é de seu marido.

Foto: José Pedro

Pedro Paulo funcionário da Saneago, saiu para trabalhar dia 11/10 e desde então não foi mais visto

O terceiro caso é do Pedro Paulo 30 anos morador do Bairro Arco Verde que desapareceu no dia 11/10, ele que é solteiro e trabalha na Saneago saiu neste dia para ir trabalhar como é de costume, e desde então não se teve mais notícias, três pessoas afirmam ter visto ele no local de trabalho, só que ele não chegou a marcar o ponto.

Desde então a família vive um drama em busca de informações, checaram contas bancárias do Pedro em busca de alguma movimentação e outras cidades onde ele tem parentes, e nada foi descoberto.

Foto: Pedro Paulo

Erlande foi sequestrado no dia 13/10 dentro de sua residência por indivíduos armados

O quarto drama e mais recente é da família de  Erlande Henrique Carvalho 39 anos que foi sequestrado no dia 13/10 dentro de sua residência localizada no Bairro Residencial América próximo ao presídio. Bateram em seu portão e ao abrir ele foi abordado e levado.

Familiares e amigos já fizeram buscas por conta própria em matas, córregos e estradas vicinais. Compareceram ainda algumas vezes no IML para fazer reconhecimento de cadáver, mas nenhum foi identificado como sendo de Erlande.

Nós reunimos familiares e amigos em grupos, e fizemos buscas em vários locais, córregos, rios, estradas. disse a esposa de Erlande

Foto: Erlande

 

Mesmo com essas procuras, a família ainda alimenta esperança de encontrar ele com vida.

Temos esperança ainda de encontrar ele com vida, ele pode estar sendo mantido em algum cativeiro, vamos manter essa esperança até o último momento. disse um familiar.

A polícia investiga todos esses casos, e também precisa de ajuda da sociedade com informações que possa levar ao encontro dos 4 desaparecidos, e que posa encerrar esta angústia de todas estas famílias. Se tiver alguma informação acione a polícia, de forma anônima ou pelo 190.

 

Deixe seu comentário abaixo

Notícias Relacionadas