Rapper anapolino leva mensagem de paz às escolas

Oi gente! Hoje não dá para começar o texto com o nosso cumprimento animado, porque o assunto é trágico. Um adolescente de Goiânia disparou contra seis colegas e matou dois em uma escola e isso chocou a sociedade.

O menino de apenas 14 anos foi o autor desse crime. E já saiu o laudo que uma das garotas ficou paraplégica. O que fazer diante desse quadro? Como podemos cuidar da nossa geração para evitarmos tragédias como essa? Esse deve ser o nosso questionamento.

O cantor de rap Charles Serbeto já se posicionou. Desde o início do ano, ele tem visitado escolas, levando uma mensagem de paz, amor e esperança aos alunos. “Os jovens dessa geração, são muito ligados a tecnologia, vivem de fones no ouvido curtindo seus sons e jogos. É nesse contexto que entra minha música”, disse o cantor.

O rapper relata que tem encontrado famílias desestruturadas, pais ausentes dentro da própria casa e negligentes. Na apresentação Charles canta de 4 a 6 músicas e leva a plateia a enxergar esperança na adversidade, num bate-papo descontraído e animado.

Origem do som 

Charles começou escrever quando passava por um momento de conflito. Ele conta que estava sem perspectiva, em uma rotina desgastante. Foi então que pediu a Deus para lhe dar um direcionamento e ele lhe deu a música.

“Acredito que meu som tem a essência de Deus, pois foi ele quem me deu o dom e alimenta a minha sabedoria pra compor e combater toda revolta e ódio que muitos carregam em seu coração.”

Seu gosto pelo rap surgiu quando o primo chegou dos EUA e lhe apresentou alguns CD’s como Snoop Dogg. A criatividade foi estimulada pela a tia que o fazia decorar textos para apresentações na escola do dia dos pais e das mães. Já o start para compor e cantar ocorreu quando ouvia o MC Rashid.

Há dois anos Charles vem escrevendo suas letras, hoje já são 30 composições. As músicas falam sobre cotidiano, família e política. Seu projeto tem como diferencial gravar vídeos no carro. Atualmente, ele está em estúdio, gravando, e logo disponibilizará as canções no Spotify, youtube e em um EP (cd).

Sem preconceito

O Rap surgiu nos guetos da Jamaica. A composição é feita de rimas e poesias. A letra é o componente principal. Charles diz que existe um certo preconceito, em relação ao seu estilo, mas isso até ele cantar a primeira música.

Mas esse jeito descolado e urbano do cantor tem facilitado a abertura com os jovens e o corpo docente da escola. “Ao final das apresentações as diretoras sempre me agradecem e dizem que tudo que canto é poético e literal.”

serbeto escola

Os alunos gostam tanto que até filmam e tiram fotos

Charles tem investido seu tempo e sua voz, a música tem sido usada para propagar o bem, e nós o que temos feito para evitarmos tragédias como a de Goiânia?

Espero que você tenha gostado do post, até o próximo.

Essas são as Redes Sociais do Rapper Charles Serbeto

YouTube: Serbeto oficial

Instagram: @serbetomssario

Facebook: Charles Serbêto

Me siga também:

Instagram: @daniellychavess

Facebook: Danielly Chaves

Twitter: @danielly_chaves

Veja esses outros posts 7 músicas que retratam o Brasil e O jeito que ouvimos música mudou

 

Deixe seu comentário abaixo

Notícias Relacionadas